Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Fechar

Cartucho Fácil – Sua impressão é a nossa imagem

Impressora para escritório: 5 dicas para escolher o modelo ideal

Para adquirir uma impressora para escritório que realmente atenda as necessidades da empresa, é necessário pesquisa e análise. Com tantos modelos disponíveis no mercado, essa procura pode se tornar um desafio.

Adquirir o modelo mais caro ou atual do mercado, por exemplo, não garante que será a melhor opção de impressora para a organização. Cada empresa prioriza diferentes características para definir uma boa impressão: qualidade de cor, velocidade, rendimento, baixo custo de manutenção, entre outras.

Portanto, é necessário examinar quais aspectos são relevantes e devem ser contemplados no modelo a ser adquirido. Apresentamos cinco dicas para não errar na escolha da impressora para o seu escritório. Confira!

1. Identifique as necessidades

Antes de adquirir uma impressora para escritório que realmente atenda às expectativas da organização, é necessário identificar as reais necessidades de impressão da empresa.

A quantidade de impressões, tipos de arquivos, cores mais usadas e o orçamento mensal que será gasto com o funcionamento, manutenção e suprimentos da impressora precisam ser levados em conta no momento da decisão.

2. Compare a impressão a jato de tinta e a laser

As impressoras a jato de tinta são as mais comuns no mercado. Elas utilizam o pigmento líquido para realizar as impressões, liberando somente a quantidade necessária no papel. Esses modelos são mais baratos e, por sua menor velocidade de impressão, são recomendados para empresas que realizam pequenas tiragens.

Os cartuchos de tinta costumam ser mais baratos, porém, apresentam menor rendimento, geralmente fazendo até mil impressões por suprimento. Sua alta qualidade de cor é uma das suas principais características.

impressora para escritório

Já as impressoras a laser, que utilizam cartuchos de toner, ou seja, com pigmento em pó, são mais caras. Entretanto, sua impressão é mais limpa e resistente, com um acabamento brilhante que dificilmente será borrado. Outra ótima característica desse modelo de impressora para escritório é sua alta velocidade, recomendada para uso profissional e grandes tiragens.

Os cartuchos de toner, utilizados para esse tipo de impressão, são mais caros, porém apresentam maior durabilidade e rendimento, chegando a até 10 mil impressões por suprimento, dependendo do modelo. Diferente da impressora a jato de tinta, esse modelo não corre o risco de ter sua tinta ressecada, caso fique um tempo sem uso.

3. Escolha entre a conexão USB, Wi-Fi ou Ethernet

Conexão USB: comumente usada por pequenas empresas, que conectam o computador de mesa à impressora. Para que a impressão seja feita, é necessário que o computador principal esteja ligado e conectado à impressora.

Conexão ethernet: é usada para conectar diversos computadores a uma única máquina. Porém, ainda assim, depende de um computador base que liga o cabo de rede à impressora. A impressão é possibilitada por meio de drivers instalados nos demais computadores.

Conexão Wi-Fi: possibilita compartilhar a impressora sem o uso de cabos, usando até mesmo smartphones e tablets para a reprodução. Essa é uma boa alternativa de impressora para escritórios que utilizam notebooks ou computadores que ficam longes um do outro.

4. Saiba a resolução necessária

A resolução de uma impressora é medida por DPIs, ou seja, pontos por polegadas. As máquinas mais comuns geralmente variam entre 600 e 1200 dpis. Os modelos a jato de tinta oferecem uma gama de 300 a 600 dpis, ou seja, o suficiente para impressões de documentos e arquivos que não exigem alta qualidade.

impressora para escritório

Foto: Rawpixel

Já as impressoras a laser costumam oferecer de 600 a 1800 dpis, uma ótima resolução para impressões de imagens, gráficos, cartazes e mais. Elas podem ser encontradas em modelos coloridos e monocromáticos, que imprimem apenas em tons de cinza.

É bom lembrar que a qualidade de impressão irá variar de acordo com a resolução da imagem a ser impressa.

5. Verifique os drivers disponíveis

A maioria das impressoras para escritório já disponibilizam os drivers necessários para a instalação no sistema operacional Windows. Porém, algumas marcas não oferecem atualizações de drivers ou softwares de impressão para outros sistemas.

Isso pode acontecer, também, quando o modelo de impressora é mais antigo. Portanto, é recomendado verificar as informações sobre os drivers disponíveis no site da empresa fabricante.

Dica extra: considere a troca de cartuchos

Seja de tinta ou toner, a troca de cartuchos será feita periodicamente. Antes de adquirir um modelo de impressora para seu escritório, pesquise onde encontrar e os valores dos suprimentos de acordo com a marca do equipamento.

Os cartuchos originais, produzidos pela mesma empresa da impressora, são vendidos nas lojas autorizadas por um alto valor. Alguns deles chegam a ser mais caros que o próprio equipamento.

Já os cartuchos compatíveis, fabricados por empresas terceiras, oferecem um ótimo custo-benefício, por sua qualidade e preço baixo, custando até sete vezes menos que os originais. Para adquirir esses modelos, busque por lojas confiáveis como a Cartucho Fácil, que apresenta suprimentos compatíveis com as melhores marcas do mercado.

A empresa oferece cartuchos de alta qualidade e preparou um e-book com dicas certeiras para diminuir os custos do seu escritório. Clique no banner e baixe gratuitamente!

impressora para escritorio

5.00 avg. rating (50% score) - 1 vote
Esse conteúdo foi útil?
5.00 avg. rating (50% score) - 1 vote

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *